Lissauer estreita relação com Defensoria Pública do Estado e amplia atendimentos pelo interior

Presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB) visitou nesta manhã a sede da Defensoria Pública do Estado acompanhado do deputado Virmondes Cruvinel (PPS). Na ocasião, os parlamentares se reuniram com o defensor público-geral Domilson Rabelo e acertaram a ampliação de parcerias entre a instituição e o Poder Legislativo, visando ampliar os trabalhos do órgão pelo interior de Goiás.

 

Desde 2016, a Assembleia Legislativa já mantém uma unidade da Defensoria funcionando no anexo ao lado da entrada do Palácio Alfredo Nasser. Com as novas tratativas, o espaço deve ser ampliado, bem como o trabalho prestado deve alcançar um maior número de pessoas.

Segundo o presidente, será assinado termo de cooperação com o órgão para levar aos municípios do interior de Goiás atendimentos aos mais carentes, com o apoio do Legislativo. O trabalho vai ser integrado ao Programa de Apoio, Desenvolvimento e Integração do Poder Legislativo, Intercâmaras, que está em fase de reconstrução.

 

“Estamos fazendo uma maratona de visitas institucionais e buscando reforçar parcerias para Assembleia, com o intuito de melhorar a vida da população. O papel da Defensoria é fundamental para a sociedade e queremos ampliar esse trabalho para que ele chegue a bairros e cidades do interior”, explicou Lissauer.

 

O deputado Virmondes, um dos principais articuladores para a vinda de uma unidade da Defensoria à sede da Assembleia, destacou a importância da iniciativa do presidente. “É um grande propósito do presidente reforçar parcerias com instituições de credibilidade que são fundamentais para a sociedade. Interiorizar o trabalho da Defensoria é bom para todos os cidadãos e a Assembleia vai ser parceira nisso”, avaliou.

 

Após a reunião de trabalho com o defensor público-geral, que assim como Lissauer, assumiu a nova função no início do ano, o grupo foi conhecer diretamente os trabalhos e instalações do órgão. “Ficamos admirados com a qualidade de trabalho e a condição que eles têm dado para atender a população em geral”, afirmou o presidente.

 

O trabalho prestado pela instituição dá suporte àqueles que tem renda de até três salários mínimos ou que estão em grupo de vulnerabilidade e não tem condições de custear um advogado.

 

Região Sudoeste

 

O presidente Lissauer afirmou ainda que durante a reunião com o chefe da Defensoria, solicitou ainda, como prioridade, a criação e expansão de uma defensoria pública na região Sudoeste. A intenção é constituir uma unidade no município de Rio Verde, sua principal base política na Assembleia Legislativa.