Exclusivo: governo Caiado vai contratar a peso de ouro consultoria para ferrar servidor com leis locais para Previdência

Mais uma ação do governo Caiado para ferrar o servidor público estadual. Mesmo com o interesse no texto federal, uma equipe da secretaria de Economia ficará responsável por fazer um estudo específico de Goiás, para agilizar impactos a curto prazo no Estado, já que a reforma de Bolsonaro prevê um período de transição de 12 anos.

Para isso, a supersecretária Cristiane Schmidt vai contratar, por valores milionários, o consultor Paulo Tafner. Ele definirá o que fazer e que Leis estaduais serão que ajustadas.  Tafner é um economista brasileiro, especialista em previdência, que já manifestou seu agrado com o texto de Paulo Guedes.

Ou seja: mais paulada na cabeça do pobre do funcionário público.