Lêda Borges irá concorrer à presidência do PSDB, em Goiás

Única mulher com mandato no PSDB em termos de Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e Senado, a deputada estadual reeleita Lêda Borges afirmou que irá disputar a presidência do partido em maio deste ano. Segundo ela, diversos prefeitos e vice-prefeitos já anunciaram apoio à candidatura.

De acordo com a parlamentar, é preciso ter lealdade para enfrentar o mau momento que o partido passa. “O PSDB não vive boa fase desde as últimas eleições e está desarticulado. Minha candidatura não tem a intenção de dividir o partido e sim de deixá-lo mais forte e leal. Atualmente sou vice-presidente e conheço  o partido e seus principais representantes no estado”, comentou.

Lêda Borges afirmou também que já recebeu apoio de muitos gestores e ex-gestores municipais. “Tenho me posicionado com firmeza com relação ao governo de Caiado. Tenho sido oposição responsável, fiscalizando o governo e atuando em prol da população. As lideranças reconhecem isso”.

A deputada garante ainda que caso seja eleita, o partido irá assumir posições firmes. “Por toda minha trajetória e atuação acrescento que tenho legitimidade. Represento além das mulheres, o Entorno de Brasília, uma região forte em termos políticos e eleitorais”, concluiu.