Supersecretária volta a atacar os incentivos fiscais e anuncia: vamos ter de cortar mais

Em visita à Assembleia, a supersecretária da Economia, Cristiane Schmidt, disse que tem plano de ação para incrementar a receita do Estado e que pretende rever a renúncia fiscal atual de Goiás.

Segundo ela, o Estado deixa de arrecadar R$ 8 bilhões devido aos incentivos fiscais. “Só o Fomentar e Produzir têm renúncia de R$ 2,5 bi. Temos uma arrecadação anual de 15 bilhões e renúncia de cerca de 50%”, disse.

Vamos ter de cortar mais foi o recado dela.