MDB de Rio Verde quer montar bloco de oposição a Paulo do Vale e conquistar a prefeitura em 2020

Depois da bomba da expulsão do prefeito Paulo do Vale, o MDB em Rio Verde tomou uma injeção de ânimo e vive dias de completa ebulição política. O clima é de euforia na legenda.

As articulações andam a mil e a palavra de ordem no partido é virar a página de Paulo do Vale, que ignorou a legenda na composição de sua equipe de secretários na prefeitura.

Os emedebistas já se aproximaram dos vereadores de oposição e com o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), hoje a maior liderança político da região hoje. O próximo passo é uma reunião e também fazer aliança com ex-prefeito Juraci Martins.

O audacioso projeto em gestação gira em torno da formação de um bloco de oposição a Paulo do Vale, acusado de má gestão e de ter mergulhado a prefeitura no caos administrativo e financeiro.

A  ideia central que converge o MDB a outros setores oposicionistas é retomar do desenvolvimento de Rio Verde e garantir obras importantes para o município..

“Precisamos tirar a prefeitura da paralisia que se encontra, virar a página negra de Paulo do Vale e recuperar o espaço político e econômico do nosso município no cenário estadual”, diz um emedebista que participa da linha de frente das articulações.