EXCLUSIVO: Paulo do Vale articulou para derrubar Heuler Cruvinel e assumir o PP em Rio Verde

As portas do PP de do ex-ministro das Cidades e secretário de Habitação de São Paulo, Alexandre Baldy, e do ex-deputado federal Heuler Cruvinel estão fechadas para o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, que procura desesperadsmente um partido depois que foi expurgado do MDB por infidelidade partidária.

Paulo do Vale tinha intenção de dar um chega prá lá em Heuler e chegou a articular a tomada do comando do PP em Rio Verde. O argumento que sustentava a investida era de que Heuler não tem mais mandato e se perdeu consistência política ao ser derrotado como candidato a vice-governador na chapa de Daniel Vilela (MDB).

Em contrapartida, sua filiação contaria com o peso da Prefeitura de Rio Verde, que passaria para o controle do PP, e a abertura de trânsito junto ao governador Ronaldo Caiado.

A conversa não colou e Paulo do Vale foi avisado que o PP de Rio Verde segue firme sob o comando do ex-deputado e o prefeito não seria bem-vindo.

Diante do sinal vermelho do PP e descartada praticamente a possibilidade de anulação da expulsão do MDB, resta agora a Paulo Vale apenas a alternativa de desembarque em algum partido nanico, como o Patriota do Cabo Daciolo e o Podemos de José Nelto.