Deputado-Xerox: José Nelto apresenta projeto copiado de lei aprovada e sancionada em 2017

A máquina de Xerox do gabinete do deputado federal José Nelto começou o ano trabalhando intensamente.

Integrante baixo clero, mesmo sendo líder de partido, o goiano fanfarrão tenta desesperadamente aparecer na Câmara dos Deputados. Mas está difícil.

Ele acaba de apresentar cópia de projeto de lei já tornado lei em por iniciativa do ex-senador catarinense Paulo Bauer (PSDB), que obriga os presos a custearem as tornozeleiras eletrônicas.

O projeto de Bauer, atual titular da Secretaria da Casa Civil para o Senado Federal, foi relatado pelo senador Simone Tebet (MDB), aprovado e sancionado em 2017 – portanto, Nelto está atrasado em dois anos na sua iniciativa.

Isso, claro, sem contar que tramitam no Congresso Nacional dezenas de matérias com o mesmo propósito e que acabam recebendo o mesmo destino: o arquivo.

Pelo que se vê, José Nelto segue sendo José Nelto em Brasília.