Entrevista de Mabel ao Popular praticamente é uma aviso de que a Fieg vai para guerra contra Caiado

A entrevista de Sandro Mabel, presidente da Fieg, ao jornal O Popular, exibida no Facebook do jornal, foi praticamente uma declaração de guerra da Federação ao governador Caiado. O motivo do atrito é o apetite de Caiado em cortar incentivos fiscais. A entrevista de Mabel foi bombástica: ele diz que as empresas e investidores estão correndo de Goiás diante do cenário de terra arrasada propagada por Caiado e equipe.

Mabel ainda revelou que duas indústrias que iriam se instalar em Goiás decidiram ir para Mato Grosso do Sul porque ficaram inseguras diante da política de incentivos fiscais estabelecida por Caiado.

As palavras de Mabel sinalizaram que a Fieg está disposta a lutar com unhas e dentes pela manutenção dos incentivos atuais, evitando mais cortes. Vamos ver aonde isso vai parar…