GO-060: tentativa de prefeitos para resolver buracão do Caiado foi marcada por tensão provocada pelo governo

Um fiscal da Goinfra responsável pela região esteve no buracão do Caiado na GO-060 para da ordem de paralisação imediata do mutirão para construir o desvio.

Assim que avisados pelo engenheiro de que teria que haver a paralisação da obra, os prefeitos ignoraram a ordem e continuaram os serviços. Mais tarde, apareceu outra vez a ordem do governo de Goiás de paralisação, desta vez com presença policial. Foi quando todos ficaram aborrecidos, paralisaram máquinas e caminhões e, com retorno de cada qual para seus municípios. Estiveram nesta ação as prefeituras de Israelândia, Iporá, Jaupaci, Amorinópolis, Diorama e São Luís de Montes Belos. A Prefeitura de Piranhas cedeu as manilhas.

Ninguém estava satisfeito na tarde de sábado com o episódio.