À la Bolsonaro, Chavaglia ataca imprensa e até embaixadores na abertura oficial da Tecnoshow

O presidente da Comigo, Antônio Chavaglia, disparou críticas sem pé nem cabeça à imprensa na abertura da Tecnoshow, em Rio Verde.

Chavaglia, conforme anotou a jornalista Cileide Alves no Twitter, disse que “a imprensa não pode falar coisas indevidas pelas metades”, afirmando que “1964 é assunto do passado”.

Cileide deu um oportuno puxão de orelha no mandachuva da Comigo. “Quem colocou o golpe de 64 na pauta foi o presidente Jair Bolsonoro”, lembrou a jornalista.

Chavaglia estava com a pá virada na abertura da Tecnoshow  e também aproveitou para atacar os embaixadores: “Eles não servem para nada  e só gastam dinheiro”.

Parece que Bolsonaro fez escola em Goiás.