Presidente do Sindipúblico ao Jornal Opção: “Se não cumprir parcelamento, como vamos viver?”

Ao Jornal Opção, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público do Estado de Goiás (Sindipúblico), Nylo Sérgio, não cogita que o governo deixe de pagar, mas diz que o funcionalismo tem sido penalizado com terrorismo desde o começo da gestão. “Se não cumprir, como vamos viver? O governo deu a palavra que pagaria o mês de dezembro e esperamos que honre”.