Exclusivo: em Rio Verde, sequestrador obriga refém a transmitir o crime ao vivo pelo Facebook

Em Rio Verde, sequestrador obrigou refém a transmitir o crime ao vivo pelo Facebook, na noite desta segunda-feira (8), no bairro Residencial Veneza. Momentos depois, o homem liberou a vítima e se entregou à polícia.
De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o rapaz tinha intenção de cometer um roubo na residência e rendeu uma jovem na porta de casa, levando-a para o quarto. Nas imagens, compartilhadas em tempo real na internet, o bandido aparece segurando uma arma apontada para a cabeça da vítima. “Eu tô fazendo a transmissão do jeito que ele quer”, diz a moça.
Com um golpe de mata leão encaixado no pescoço da jovem, ele faz exigências. Uma delas é acionar a imprensa e a outra é chamar a sua mãe. A vítima grita o endereço onde estão e implora: “Chama o jornal só para ele sair daqui. Se essa arma disparar na minha cabeça eu vou morrer!”.
Ao fundo é possível ouvir a polícia negociando com o rapaz. Uma equipe da Polícia Militar (PM) tenta acalmar o sequestrador, mas ele responde dizendo que quer dinheiro e insiste em ver a mãe.
Em determinado momento do vídeo, a vítima pede que o sequestrador tire a arma da cabeça dela e diz que o conhece. Chamando-o por “Mateus”, a jovem conta que ele teria namorado uma amiga dela.
De acordo com informações preliminares, o suspeito se rendeu, com a condição de que a refém saísse na frente com a arma. Neste momento, a jovem teria disparado contra o seu sequestrador, o ferindo de raspão no rosto.
Em um segundo vídeo, que está sendo compartilhado nas redes sociais, aparentemente gravado pela vizinhança do lado de fora da casa onde acontecia o sequestro, mostra o que seria o momento em que ele se entrega à polícia. Em meio a muitas viaturas e sirenes, o rapaz aparece imobilizado e sendo encaminhado por agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) até uma viatura do Corpo de Bombeiros. Diferente das imagens da transmissão ao vivo, o jovem aparece com o rosto sangrando.Segundo informações dos bombeiros, o suspeito foi levado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.