MDB vai pegar fogo: Adib avisa que vai disputar comando do partido com Daniel

A nota principal da coluna Fio Direto, do Diário da Manhã, é sobre o futuro político do prefeito de Catalão, Adib Elias. O gestor deixa claro que está disposto a encarar Daniel Vilela e Maguito Vilela para ter o comando estadual do MDB. A eleição para a presidência do partido deve ocorrer em fevereiro de 2019.

Ver mais

Quando Caiado vai descer do palanque eleitoral é a pergunta que não quer calar…

Passados quase 30 dias da vitória consagradora nas urnas, Ronaldo Caiado dá mostras de que ainda não desceu do palanque eleitoral. Não avança no anúncio de secretários nem dá pistas do que será o governo dele. Ao contrário do presidente eleito Jair Bolsonaro que mostra, certo ou errado, o que quer, Caiado faz o contrário e transparece não ter rumo definido.

Ver mais

Governo Zé Eliton acusa Caiado de não descer do palanque ao espalhar fake news sobre calote no pagamento funcionalismo

Esquentou de vez o clima da transição para o futuro governo. Embora a gestão atual esteja fazendo direito o dever de casa, o caiadismo insiste em criar clima de terra arrasada. A última fake news, espalhada pelo próprio Ronaldo Caiado, foi de que a administração estadual iria dar calote no pagamento da folha dos servidores nos meses de novembro e dezembro. Em nota oficial, o governo rebateu a mentira e acusou Caiado de não descer do palanque.

Ver mais

Bolsonaro é o novo presidente do Brasil

O militar Jair Bolsonaro é o novo presidente do Brasil. Surfando desde o começo na onda anti-PT, Bolsonaro bateu Haddad com tranquilidade e será o comandante do País a partir de janeiro de 2019.

Ver mais

Morrinhos: desprezado pela oposição elitista, Maycllyn pode ser a novidade para prefeito em 2020

O jovem vereador Maycllyn Carreiro (PRTB), de apenas 27 anos, obteve surpreendentes 9,3 mil votos para deputado estadual nesta eleição. Envolvido com a política desde muito cedo, Maycllyn saiu fortalecido desta eleição. Apesar da idade, tem tudo para chegar em 2020 sendo cogitado para a disputa da prefeitura.

Ver mais

Morrinhos: Vinicius Cândido terá que superar desgaste do sobrenome que carrega para ser candidato a prefeito

O milionário é sobrinho de do ex-governador Helenês Cândido. A família sempre teve muita influência no município, mas nos últimos anos, com o crescimento da cidade e a nova formatação da sociedade, os Cândido meio que se esfacelaram, principal na política. Hoje, a presença da família na política se resume ao mandato de vereador de Paulinho, filho de Helenês.

Ver mais

Jornal Opção: Kajuru pode ser candidato a prefeito de Goiânia com Elias na vice

Na seção “Bastidores”, o Jornal Opção afirma que o nome de Kajuru é bem cotado para a disputa da prefeitura de Goiânia em 2020.  “Kajuru não tem interesse pela disputa, mas pode ser empurrado por sua imensa popularidade na capital. No momento, só tem dois páreos: Vanderlan Cardoso e Waldir Soares. Não tem outros”, diz o texto do jornal.

Ver mais

Morrinhos: só apoio de Caiado não vai garantir candidatura de Tiago Mendonça a prefeito

Só o provável apoio de Caiado não será suficiente para bancar a candidatura de Tiago a prefeito de Morrinhos em 2020. Primeiro, porque o empresário é conhecido por só aparecer em época de eleição. No intervalo dos pleitos, Tiago praticamente some do cotidiano da cidade, não desenvolve nenhum trabalho social e como se diz: não é conhecido do povão.

Ver mais

Ignorado por Caiado, Tejotinha vira nanico no processo de transição

O deputado e vice de Caiado, Lincoln Tejota, virou figurante no processo de transição de governo. Tejotinha não foi escalado por Caiado para estar nas tratativas burocráticas. Wilder Morais é que ficou sendo o todo-poderoso. Até mesmo figuras como Adib Elias e Samuel Belchior estão sendo mais prestigiadas do que Tejotinha.

Ver mais

Haddad e PT tentam criar clima de virada, mas favoritismo é de Bolsonaro

Desde o início dessa semana, o PT e Fernando Haddad estão tentando espalhar nas redes sociais um clima de virada na eleição presidencial. Os petistas têm afirmado que já diminuíram a diferença em mais de 5 pontos e até amanhã Haddad estará praticamente empatado com Jair Bolsonaro.

Ver mais

José Eliton: “Temos de rediscutir o PSDB, sem radicalismos”

O governador José Eliton afirma que o resultado das eleições de 2018 pede que o PSDB faça uma reflexão político-partidária para assumir posicionamentos mais claros sobre o programa e a direção que o País deve seguir. O tucano diz que essa avaliação deve ser feita em nível estadual e nacional, com vistas a uma nova ordem de alianças e teses no campo da centro-esquerda.

Ver mais

Análise: Baldy sai fortalecido da eleição

O ministro das Cidades e presidente do PP goiano, Alexandre Baldy, é um dos grandes vitoriosos da eleição deste ano. Baldy estruturou o partido no interior do Estado, elegeu dois deputados federais e o senador Vanderlan Cardoso. Consolidou-se como protagonista do processo político em Goiás e chegará forte às eleições de 2020 e 2022.

Ver mais

Em vez de cuidar da transição de governo, Caiado faz carreata de apoio a Bolsonaro

Ao mesmo tempo que alardeia que a situação do Estado é preocupante do ponto de vista fiscal, o governador eleito Ronaldo Caiado dá mostras que está focado em outras prioridades que não a futura gestão. Nesta sexta-feira, por exemplo, o demista preferiu fazer carreata de apoio a Bolsonaro, em Anápolis, a se reunir com aliados para tratar dos assuntos do Estado.

Ver mais

Clécio anuncia que pretende disputar a prefeitura de Goiânia

O vereador Clécio Alves (MDB), que acaba de ser derrotado na eleição para deputado estadual, anunciou nesta quarta-feira, na sessão da Câmara, que pretende disputar a prefeitura de Goiânia em 2020. “Se for da vontade da população, estou pronto para ser um prefeito que a cidade nunca vai esquecer”, finalizou.

Ver mais

No Popular, Iris diz que “resultado da eleição retratou distúrbio mental da população”

Perguntado sobre qual avaliação faz do resultado eleitoral, Iris saiu-se com essa: “Eu senti que o resultado retratou um distúrbio mental na população…” O prefeito inovou e debitou na “loucura da população” o resultado das urnas. Essa, definitivamente, é a explicação mais fantástica e bizarra para uma eleição.

Ver mais