Auxiliar de Iris e Mrué desqualifica mulher que tirou dente com alicate por falta de dentista: “Ela tinha o hábito”

Em depoimento à Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga irregularidades na Saúde pública em Goiânia, a superintendente de Atenção à Saúde Bucal da prefeitura, Luciana Curado, fez comentários chocantes sobre a monitora Celina Lopes Teixeira, que na TV Anhanguera mostrou os próprios dentes arrancados por alicate depois de fracassar na busca por atendimento dentário nos postos de saúde da Capital.

Luciana disse aos vereadores que, acompanhada da secretária de Saúde, Fátima Mrué, foi à casa de Celina e “descobriu” que a monitora tinha o “hábito” de tirar dentes com a ferramenta há dez anos: “Não é algo que começou neste governo”.

Ato contínuo, o vereador Elias Vaz (PSB) ligou para Celina, colocou o telefone no viva voz e pediu que ela comentasse a declaração de Luciana. Resultado: a superintendente foi categoricamente desmentida.

A que ponto chegou a prefeitura de Goiânia…

Compartilhe