Iris volta a dizer que na Comurg tem 2 mil “pilantrões” que deveriam ser demitidos

O prefeito Iris Rezende (PMDB) voltou a atacar servidores da Comurg. A primeira rajada foi há poucos dias, em entrevista ao jornal O Popular, quando disse que na companhia tinham “2 mil pilantrões”.

Nesta segunda-feira, em entrevista para a 730, Iris afirmou que esses pilantrões são aqueles que se acomodam e não retribuem à sociedade aquilo que ganham.

Iris disse que esses 2 mil servidores seriam dispensáveis imediatamente, mas ele não irá tomar essa decisão.

Ouça a entrevista