Coluna Xadrez: governo estadual provou que está do lado do consumidor ao acionar a Justiça contra cartel dos postos

Goiânia

Principal, coluna do jornal O Hoje, Xadrez chama atenção para o fato de que, ao acionar a Justiça estadual, o Ministério Público, o Procon e divulgar a planilha de preços praticados por postos de gasolina no Estado, “o governo estadual provou que está do lado do consumidor”, disse ontem o governador Marconi Perillo.

Kajuru dá nome de jornalista que o avisou que Iris teria comprado vereadores para votar aumento de IPTU: Paulo Xavier, da 107 FM

Câmara de Vereadores, Goiânia

No começo da sessão plenária desta terça-feira, o vereador Jorge Kajuru (PRP) revelou que um jornalista disse a ele que o prefeito Iris Rezende (PMDB) “comprou” o número de vereadores necessário para aprovar o aumento de IPTU nesta quarta. Provocado pelo presidente da Casa, Andrey Azeredo (PMDB), Kajuru deu há pouco o nome do jornalista: Paulo Xavier, da rádio 107 FM, que trabalha com o radialista Alípio Nogueira. 

Kajuru diz ter ouvido de jornalista que Iris comprou vereadores para votar por aumento de IPTU. Andrey quer nome de quem denunciou

Câmara de Vereadores, Goiânia

Vereador afirmou nesta terça-feira, na tribuna da Câmara, que um jornalista disse a ele que o prefeito Iris Rezende (PMDB) “comprou” o número de vereadores necessário para aprovar o aumento de IPTU nesta quarta. “Este jornalista me disse que teremos uma surpresa amanhã”. 

Iris não é mais o mesmo… Se fosse antigamente, já teria demitido Fátima Mrué e organizado a saúde municipal

Goiânia

A cada semana surge um escândalo na saúde de Goiânia. Agora, dinheiro que deveria ser usado para comprar medicamentos está bancando mestrados de servidoras em São Paulo. Se Iris ainda quer ser reconhecido como um gestor de excelência deve organizar a saúde municipal.

Secretária Fátima Mrué foi quem autorizou usar dinheiro do fundo da saúde para pagar mestrado para duas servidoras em São Paulo

Goiânia

Se o trabalho da cientista Fátima Mrué era ruim à frente da Secretaria Municipal de Saúde, tudo fica ainda mais sinistro depois da bomba detonada nesta segunda-feira. Um diretor da Saúde disse aos vereadores, na CEI na Câmara, que dinheiro do Fundo Municipal de Saúde está sendo usado para pagar mestrado em São Paulo para duas servidoras.

Mais um escândalo na prefeitura de Iris: dinheiro que deveria ser usado para comprar remédios e pagar médicos está bancando mestrado de servidoras em São Paulo

Goiânia

Em depoimento à CEI da Saúde, nesta segunda, o diretor do Fundo Municipal de Saúde, Cássio Muriel, confirmou que dinheiro do fundo está sendo usado pagar mestrado para duas servidoras municipais em São Paulo. A verba deveria ser utilizada no pagamento a hospitais, laboratórios, médicos e para comprar remédios. Quem autorizou esse absurdo foi a secretária Fátima Mrué.

No jornal O Hoje, José Vitti também critica comissão formada por políticos da base para discutir Goiânia

Goiânia

Uma comissão com políticos tucanos e da base aliada está sendo formada para debater os problemas de Goiânia. “Grandes lideranças, assim como eu que tive votação expressiva aqui e outros deputados, não foram chamados”, afirmou o presidente da Assembleia.

O Popular comprova que preços abusivos dos combustíveis são culpa da Petrobras e postos. ICMS não tem impacto decisivo

Goiânia

O jornal O Popular, que não morre de simpatias pelo governo do Estado – ao contrário-, fez as contas e concluiu que o preço abusivo dos combustíveis em Goiânia tem origem na Petrobras e e ganha corpo nas revendas, ou seja, posts de gasolina.

Charge de Jorge Braga mostra Iris de Papai Noel, com seu presentinho de Natal: criação da taxa de lixo

Goiânia, Imprensa

O traço inconfundível de Jorge Braga mostra, na edição desta segunda-feira, em O Popular, o prefeito Iris Rezende de Papai Noel com seu presentinho de Natal aos goianienses: a criação da taxa de lixo. Essa o goianiense parece que vai ter que engolir.

Jornalista Afonso Lopes diz que governo e população se juntaram na guerra contra o cartel dos postos de gasolina

Goiânia, Imprensa

Apuração levanta que, diante do abuso praticado pelos postos de combustíveis, por ordem direta do governador Marconi Perillo, o Procon estadual passou a estudar uma forma de ampliar a fiscalização, “com informações cirúrgicas fornecidas pela Sefaz”, e calculou as margens de lucros praticadas.

Preço abusivo dos combustíveis: Sindiposto publica nota de esclarecimento, mas nada esclarece sobre o cartel e o aumento da margem de lucro

Goiânia

O texto fala de tudo e pinta um quadro no qual os postos são verdadeiros santinhos sacrificados nesta crise toda.
Mas não esclarece nada sobre as acusações de cartel dos postos em Goiânia e nem sobre o aumento inexplicável da margem de lucro.

Jornal Opção: site de José Nelto e do PMDB vira reduto de fakenews e perde qualidade. Audiência despenca também despencou

Goiânia, Imprensa

O Jornal Opção ouviu especialistas em audiência na internet e concluiu: o site Goiás Real, criado pelo deputado José Nelto para ser o porta-voz dele e do PMDB raivoso, passa por um período de fadiga de material por exagerar na produção das chamadas fakenews.

Popular desmonta acusação de políticos mentirosos e oportunistas de que governo era culpado pelo preço abusivo dos combustíveis

Goiânia

Jornal fez as contas para concluir que a culpa do preço abusivo das gasolina e do etanol é da Petrobrás e dos postos de gasolina e nada tem a ver com o valor do ICMS cobrado em Goiás, que está sem reajustar desde 2016. Políticos oportunistas e mentirosos atribuíram ao governo a culpa.

Iris pode até negar, mas está em marcha um novo decretão de demissão em massa, desta vez na Comurg, revela Opção

Goiânia

Jornal Opção deste domingo revela que Iris estuda baixar novo decretão de demissão em massa, desta vez atingindo os trabalhadores da Comurg. Em 1983, após assumir o governo de Goiás, Iris demitiu 30 mil servidores públicos numa canetada só.

Marconi quebra sigilo de postos para provar existência de preços abusivos, forçar redução e proteger consumidor, diz coluna Giro

Goiânia

A coluna Giro neste sábado destaca que o governador Marconi determinou que a PGE e a Sefaz quebrem os sigilos fiscal e tributário dos postos de combustível em Goiânia para provar a existência de preços abusivos e forçar a redução.