Exclusivo: em entrevista ao 24Horas, deputado José Nelto reconhece que existe crise na oposição. Veja a prévia

Em mais uma rodada de entrevistas, o Goiás 24Horas conversa agora com o deputado estadual José Nelto (PMDB).  Figura mais polêmica da oposição, Nelto não guarda para dizer amanhã o que pode detonar hoje. Na sua mira estão Dona Iris, Iris Rezende e outros colegas.

É da Comurg o recorde de salários: servidor ganha até R$ 28 mil, mais do que o prefeito Paulo Garcia

Vereador Elias Vaz denuncia na Câmara de Goiânia a existência do servidor administrativo da Comurg, Nelson Fernandes de Araújo, que recebe um supersalário, maior até mesmo do que o do prefeito Paulo Garcia – na casa de R$ 19 mil. Em junho, ele recebeu R$ 28 mil e, nos últimos meses, já embolsou mais de R$ 100 mil.

Derrapada de Fabiana no seu blog tem precedente em escorregada de Jarbas sobre um vídeo contra Vecci

Antes de suas férias, o colunista Jarbas Rodrigues deu uma nota afirmando que um vídeo onde se fazia uma paródia musical com o nome do secretário estadual de Planejamento, Giuseppe Vecci, estava “bombando” na internet e teria até virado um “hit”. Blog, na época, constatou que o clipe tinha poucas visualizações.

Vídeo grosseiro postado por Fabiana, contra Marconi, é contestado por outro vídeo na mesma página do Youtube

Material recomendado pela jornalista Fabiana Pulcineli, em seu blog, sobre o incidente entre o governador Marconi Perillo e um congadeiro, em Catalão, em 2011, garante que o tucano agrediu o homem mas não apresenta os motivos. Outros vídeos na mesma página negam a agressão e garantem que o tucano só cobrou o destino da doação que fez aos ternos das Congadas.

Ricardo Teixeira Lemos: saiba quem é o “juiz-coragem” que condenou Bordoni, Fernando Morais e Mauro Rubem

Juiz Ricardo Teixeira Lemos, da 7ª Vara Cível de Goiânia, não tem medo de cobranças ou interpretações a propósito das suas decisões. Sentenças de repercussão nacional passaram por ele: condenação do jornalista e escritor Fernando Morais; do jornalista Luiz Carlos Bordoni por difamar o governador Marconi Perillo; e o caso da Petrobrás por ter acusado juízes goianos de integrarem uma espécie de indústria de concessão de tutela antecipada, afetando contas bancárias da empresa.

Juiz da 7ª Vara Cível diz que Marconi “é pessoa humana” e não merece ser caluniado por Mauro Rubem

No processo movido por Marconi Perillo contra o deputado estadual Mauro Rubem por calúnias postadas nas redes sociais, o juiz Ricardo Teixeira Lemos diz que o governador “é pessoa humana e merece manter a sua reputação ilibada” enquanto não houver condenações contra ele. O tucano não tem nem sequer denúncia aceita em nenhuma esfera de competência da Justiça.

Congadeiro vai ao Palácio e pede desculpas a Marconi pelo incidente de 2011: “Foi um mal entendido.” Desculpas aceitas

Ao receber o prefeito Jardel Sebba e representantes das Congadas de Catalão, o governador Marconi Perillo se comprometeu em avaliar uma contribuição financeira para a Festa do Rosário 2013. Ao mesmo tempo, o presidente da Irmandade Nossa Senhora do Rosário, Leonardo Bueno, pediu publicamente desculpas ao tucano pelo incidente ocorrido na festa de 2011.

Trio Parada Dura do Twitter não dá um pio sobre criação de cargos comissionados no MP Estadual

Conhecidos como críticos ferozes de iniciativas que envolvam a criação de cargos comissionados no Executivo e no Judiciário, o procurador federal Hélio Telho, o procurador de contas Fernando Carneiro e o juiz federal Juliano Taveira nada disseram sobre o projeto que abre 258 postos no Ministério Público Estadual.

Fabiana engole o trololó de Mauro Rubem, que mente (e ela aceita) sobre o motivo real da liminar da Justiça Estadual

Jornalista do POP entrevistou petista e publicou todas as opiniões sem lógica ditas por ele para tentar tirar o foco da ação judicial. Rubem tentar vender a ideia (comprada por Pulcineli) de que ele está sendo intimidado para não falar mais sobre o Estado. Juiz não disse isso. Ele apenas diz que o deputado cometeu calúnia contra o governador.