Pior concessionária do País, Enel recebeu 32 milhões em multas, mas ainda não pagou um centavo

Em oitiva na CPI da Enel, na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), nesta terça-feira, 7, membros da Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR) disseram que aplicaram multas no valor de R$ 32 milhões em nome da empresa de distribuição de energia.
Até hoje, porém, a pior concessionária do Brasil ainda não pagou um centavo.