Caiado faz o “Governo 3D”: decepcionante, desimportante e do desmonte

Essa semana de maio acaba por ser emblemática para o governo Caiado. O governador conseguiu mostrar, talvez definitivamente, que deseja desmontar toda uma estrutura consolidada por governos anteriores, principal os de Marconi Perillo. Num decretão maluco, Caiado tirou 94 oficiais dos renomados colégios militares, estrangulando a rede ensino de primeiro qualidade.

Na outra trapalhada, reduziu valor do contrato entre a Organização Social e o CRER; resultado: funcionários demitidos, especialidades extintas e centenas de pacientes sem atendimento. É o governo 3D: decepcionante, desimportante e do desmonte.