Professor Thiago Pereira do movimento MPG: “Não podemos aceitar cantar uma estrofe racista, que ressalta o genocídio”

Líder do movimento Mobilização Professores de Goiás, o professor Thiago Pereira descreve o sentimento de alunos e professores com a chegada do esdrúxulo decreto do governador Ronaldo Caiado (DEM) que obriga a comunidade das escolas a aprender e a cantar antes das aulas o hino do Estado de Goiás:

“Enviei um questionamento via mídia para o Governador, mas serve para todos. Penso que a História tem por dever ajudar na desconstrução de mitos e heróis, não podemos aceitar cantar uma estrofe racista, que ressalta o genocídio de tribos indígenas ou o fato deles terem que fugir do homem branco. Alguém concorda que devemos ensinar esse Hino nos Colégios? Temos orgulho de nossos antepassados ter feito os indígenas subir nas canoas e fugir?”