Sintego lança a campanha “A Educação pede Paz”, em Valparaíso

A presidente do Sintego, Bia de Lima, lançou nesta quinta-feira (16), a campanha “A Educação pede Paz”. O lançamento ocorreu no Colégio Estadual Céu Azul, em Valparaíso, local onde o professor Júlio César foi morto a tiros, por um aluno, no último dia 30 de abril. Os/as estudantes retornaram as aulas hoje.

“Nós estamos lançando hoje, aqui no Colégio Céu Azul, a campanha “A Educação pede Paz”, para trazermos o abraço de todos/as os/as professores/as e alunos/as de Goiás, com muita solidariedade”, afirmou a presidente do Sintego, Bia de Lima.

Para homenagear o professor, houve apresentações culturais, oficinas e os/as estudantes deram um grande abraço no colégio, relembrando Júlio César.

O Sintego, mais uma vez, lamenta a morte violenta do professor e, reforça que continuará lutando pela paz na Educação e por condições de trabalho que garantam a segurança dos/as profissionais da categoria!