Agachou para Caiado: Sandro Mabel foi à reunião do Conselho Deliberativo da Sudeco e apoiou sequestro do dinheiro do FCO

O presidente da Federação das Indústrias Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel mudou o discurso e passou a defender o sequestro do dinheiro do Fundo Centro-Oeste (FCO) pelo governador Ronaldo Caiado.

Mabel deu entrevista ao Popular condenado o sequestro, mas agachou: ele foi à reunião do Conselho Deliberativo da Sudeco e apoiou a retirada de 30% do FCO para empréstimo aos governos do Centro-Oeste, entre os quais o de Goiás.

O sequestro ainda precisa ser objeto de encaminhamento de Medida Provisória ao Congresso Nacional pelo governo federal.