DE BOLSONARO PARA GUEDES: “NINGUÉM É OBRIGADO A CONTINUAR MINISTRO”

Após o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmar que “pego um avião e vou morar lá fora” caso a reforma da Previdência não seja aprovada nos moldes em que foi encaminhada ao Congresso Nacional, o presidente Jair Bolsonaro, que está em viagem a Pernambuco, disse que “ninguém é obrigado a continuar como ministro”.

“Ninguém é obrigado a continuar como ministro meu. Logicamente, ele tá vendo uma catástrofe e é verdade, concordo com ele, se nós não aprovarmos uma reforma realmente muito próxima a que nós enviamos para o parlamento. Paulo Guedes não é um vidente e nem precisa ser pra entender que o Brasil será um caos econômico sem a provação dessa reforma”, disse Bolsonaro. (Brasil 247)