Ex-presidente do Vila Nova, empresário Calos Alberto Barros cai em conto do vigário em Caldas Novas

O empresário e ex-presidente do Vila Novas Futebol Clube, Carlos Alberto Barros, dono do Hotel Pousada do Ipê em Caldas Novas, foi vítima de conto do vigário praticado por falsários de São Paulo.

O golpe milionário aconteceu na negociação de um imóvel de propriedade de Barros, na área do Hotel Tamburi, localizada em frente ao Hospital Nossa Senhora Aparecida, região nobre de Caldas Novas.

Supostos corretores procuraram o empresário alegando que um grupo empresarial de São Paulo tinha interesse na compra do terreno. Depois de vários contatos, o negócio foi fechado com o falso grupo, que aparentava ser idôneo.

Depois do contrato de compra e venda assinado, mas ainda sem a transferência dos valores, Barros teria sido convencido a antecipar a comissão da venda aos supostos corretores com parte da própria área, inclusive passando a escritura.

Com o terreno desmembrado e dividido em lotes, os mesmos foram vendidos imediatamente, sendo que alguns passaram rapidamente por pelo menos 3 donos.

A denúncia já está sendo investigada pela polícia, que não descarta a possibilidade real da quadrilha de estelionatários de São Paulo ter tentáculos na cidade.

As informações são do radialista Tony Marcus, o Tomatinho.