Em Goiânia, Bolsonaro manifesta desejo de ter um ministro evangélico no STF

Na parte final de seu discurso no evento na Assembleia de Deus (Ministério Madureira), em Goiânia, na manhã desta sexta-feira, o presidente Bolsonarou misturou política, religião e STF. Bolsonaro disse que “o Estado é Laico, mas eu sou cristão”. “Todos nós temos uma religião ou não temos. Será que não está na hora de termos um ministro do STF evangélico?”, questionou o presidente, sendo aplaudido pelo público que lotou a igreja.