Resposta de Bolsonaro ao puxa-saquismo de Caiado: só enrolação sobre ajuda ao Estado

De nada adiantou o festival de elogios de Ronaldo Caiado (DEM) a Jair Bolsonaro (PSL): na passagem relâmpago por Goiânia nesta sexta-feira (31), o presidente retribuiu o puxa-saquismo exagerado do governador com muita enrolação sobre a ajuda federal ao Estado.

Caiado tem uma coleção de nãos da gestão Bolsonaro em seus cinco meses de mandato: não conseguiu decretar o Regime de Recuperação Fiscal, não avançou no Plano Monsueto para alivar a dívida do Estado e não tem qualquer garantia de que vai conseguir aprovar a Medida Provisória para morder os recursos do FCO.

Como diz o ditado popular, quem se abaixa demais acaba beijando o chão.