Com Caiado, investimentos caíram 79,6%, diz jornalista especializado em economia

Veja trecho da análise do jornalista Lauro Veiga sobre as contas do estado nestes primeiros meses de governo Caiado: 

A principal “vítima”

Embora os restos a pagar tenham sofrido pesado ajuste, a tesoura estadual cortou mais profundamente ainda na conta dos investimentos pagos, que desabaram 79,6% na comparação com os quatro primeiros meses do ano passado, encolhendo de R$ 152,569 milhões para pouco menos de R$ 31,132 milhões (ou apenas 0,41% da receita corrente líquida e 0,54% da despesa primária total). Ainda dentro da conta dos investimentos, os restos a pagar foram reduzidos em 61,13% (de R$ 227,436 milhões para R$ 88,414 milhões). Na soma entre investimentos de 2019 e acerto de restos a pagar nesta área, o total investido pelo Estado baixou de R$ 380,005 milhões para R$ 119,546 milhões, em queda de 68,54%.