Diário de Goiás: Mendanha critica redução de incentivos e benefícios fiscais no governo Caiado

Durante entrevista ao programa Estação Aparecida, veiculado pelo Canal da Cidadania na Rádio Sagres 730 AM, o prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (MDB), opiniou que o corte de incentivos e benefícios fiscais é “algo que preocupa e muito”. Além disso, o prefeito pontuou sobre a distanciamento do governo de Goiás em relação aos projetos para o desenvolvimento da cidade.

“Isso preocupa muito acho que não só a cidade de Aparecida, mas todas as cidades que tem essa vocação empresarial. Até porque tem empresas que estão discutindo a saída do Estado de Goiás principalmente para ir para Brasília”, afirma Mendanha.

“Não podemos voltar atrás, eu ouvi uma frase e vou até replicá-la, um líder político me perguntou qual foi o grande governador para o Estado de Goiás e eu fiquei esperando a sua resposta e ele disse Itamar Franco, aí eu disse que por ser jovem talvez não me lembra -se de Itamar Franco ter sido governador em Goiás. Aí ele disse não, Itamar Franco foi governador de Minas e cortou os incentivos e muitas empresas de Minas vieram para Goiás. Então, eu espero que o nosso governo não vá na contra mão e não faça isso principalmente que o Estado não venha perder essas empresas”, acrescenta.

O governador Ronaldo Caiado informou, em entrevista ao Diário de Goiás, na sexta (31/05), que iniciará a discussão sobre o futuro dos benefícios e incenivos fiscais a partir de setembro.

Relacionamento difícil

Sobre o relacionamento com o governador Ronaldo Caiado, o prefeito destaca não ter diálogo. “Eu tenho uma relação muito próxima com o secretário do Desenvolvimento Econômico, mas com o governador não tenho diálogo, não da minha parte. Enviei alguns ofícios solicitando audiências, não foi marcada nem se quer teve resposta. Parece que Aparecida é uma ilha fora do Estado de Goiás. Espero que o governador tenha consciência”, ressalta.

Mendanha esclarece que o governo federal tem contribuído muito com a cidade. “Eu tenho que reconhecer a importância do trabalho dos deputados federais e senadores que tem sido esse elo entre o governo municipal e o federal”, diz. (Texto Diário de Goiás. Colaborou Isabel Cristina)

Veja a íntegra da entrevista: https://diariodegoias.com.br/blogs/altair-tavares/119695-mendanha-critica-reducao-de-incentivos-e-beneficios-fiscais-no-governo-caiado