Bolsonaro diz que tomará providências após absolvição de Adélio Bispo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (14), que irá tomar providências sobre a decisão que absolveu Adélio Bispo de Oliveira em ação penal referente à facada no então candidato à Presidência, em setembro de 2018. À imprensa, Bolsonaro afirmou não ter “dúvida” de que acertaram com Adélio uma tentativa de assassinato. “A gente sabe que o circo é armado, tentaram me assassinar sim”, disse o presidente.