1º Arraiá de Aparecida recebe centenas de pessoas no primeiro dia de festa

Mais de 200 pessoas marcaram presença na abertura do 1º Arraiá de Aparecida. A primeira noite da festa aconteceu nesta sexta-feira, 14, no estacionamento do Aparecida Shopping, no setor Serra Dourada. A festa é uma realização da prefeitura de Aparecida, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal de Goiás (UFG – campus Aparecida) e Aparecida Shopping. Durante a abertura da programação, o público pode prestigiar a apresentação de quadrilhas Mandacaru e Até o Sol Raiá, show com o cantor Victor Leonel, além das comidas típicas das tradicionais barraquinhas.

E neste sábado, 15, à partir das 19 horas, o segundo dia do arraiá promete a animar o público com brincadeiras, comidas típicas, apresentação dos grupos de quadrilhas, dentre outras atrações. “Em Aparecida reconhecemos a importância de movimentar a cidade com festas culturais, que promovem entretenimento para a população e que incentiva a atividade econômica com uma variedade de comidas tradicionais”, pontuou o secretário executivo de Cultura e Turismo, Guido Marco.

O diretor da UFG-Aparecida, Júlio César Valandro, destacou que a festa junina no município envolve cultura e educação. “Nossa proposta é que esse primeiro arraiá se torne evento oficial da cidade. Para nós esse é também um exercício pedagógico que envolve educação, pesquisa, manifestação cultural, entretenimento e relacionamento da universidade com a população” sublinhou.

Deivid Roberto mora em São Paulo, está na cidade desde o início da semana e aproveitou para participar do 1º Arraiá de Aparecida. “Essa é uma iniciativa fantástica que percebo porque atrai pessoas, movimenta o comércio e oferece entretenimento para a população. Aparecida está de parabéns pelas suas atratividades”, pontou ele que trabalha com o setor de logística.

Paulo Fernandes veio assistir a apresentação da quadrilha Mandacaru e aproveitou para degustar da comida típica. “É uma oportunidade que temos de diversão e para aproveitar das comidas de festa junina”, disse Meire.