Caiado precisa sentar na cadeira de governador e governar. Chega de gestão-cigarra

O governador Ronaldo Caiado (DEM) até hoje, seis meses depois da posse no governo, não se deu conta de que é preciso trabalhar.

Governo de retórica, gogó e bla bla blá não leva a lugar algum.

O  Estado continua devendo metade da folha de dezembro de 2018, as estradas estão esburacadas e sem manutenção, a ponte provisória em GO-060 aguarda solução definitiva, o Hospital Materno Infantil prossegue em situação precária, escolas estão sendo fechadas, derrotas sucessivas na Assembleia Legislativa  e o governador brincando de governar – ora reclamando do governo passado, ora fazendo baile funk no palácio, ora puxando quadrilha em festa junina, ora trotando em cavalo em festas de peão no interior.

Caiado precisa parar com esta gestão-cigarra, de faz de conta, que está afundando Goiás numa crise jamais vista na historia.

Chega de circo e palhaçadas: já passou da hora de sentar na cadeira de governador e governar.

Foi pra isso que foi eleito.