Povo nas ruas do Centro atropela Sintego, CUT, PT e outros “donos” dos movimentos sociais

A manifestação no Centro de Goiânia, ainda em andamento e sem um público realmente expressivo até o presente momento, atropela na prática os antigos “donos” dos movimentos sociais em Goiás.

O protesto se formou a partir da combustão proporcionada pela insatisfação dos estudantes contra o aumento abusivo da tarifa do transporte coletivo. Como o assunto diz respeito à esfera municipal, ou seja, ao prefeito Paulo Garcia (PT), essas “entidades” não apareceram e agora ensaiam correr atrás para aproveitar a boa aceitação popular da mobilização.

Dançaram.