Reforma da Previdência: PSL do Delegado Waldir desiste de propor aposentadoria branda a policiais

Apesar de o presidente Jair Bolsonaro continuar defendendo regras mais brandas de aposentadoria para os policiais, seu partido não deve apresentar destaques ao texto de reforma da Previdência que será votado nesta semana na Câmara dos Deputados. Líder do PSL na Casa, Delegado Waldir (GO) disse ao Congresso em Foco que a bancada não pode desidratar a reforma e e, por isso, prefere não propor mudança na aposentadoria dos policiais. Delegado da Polícia Civil, Waldir admite que torce para que outras legendas tomem a iniciativa de colocar o tema em debate no plenário.