Rio Verde: promessas não cumpridas e maldades na prefeitura inviabilizam reeleição de Paulo Faria

O vereador Manoel Pereira (PSDB) afirmou nesta segunda-feira (15) ao Jornal Opção que o prefeito de Rio Verde se mostrou um durante a campanha e se revelou outro após chegar ao poder. “Ele se distanciou do povo, não cumpriu as promessas e a cidade está abandonada”, disparou.

Pereira comentou o resultado das últimas pesquisas qualitativas realizadas em Rio Verde. De acordo com o parlamentar, a administração do prefeito Paulo Faria (sem partido) só se preocupa com o centro da cidade. “Ele tinha uma aprovação muito grande, mas diante do pacote de maldades contra a população e, principalmente, contra funcionários públicos, acredito que se as eleições fossem hoje, Paulo do Vale não seria reeleito”.

O vereador tucano assinalou que vários bairros da cidade sofrem com a falta de infraestrutura e desorganização do trânsito, por exemplo. “A região central de Rio Verde é muito bonita, mas a periferia vive outra realidade”, explicou Manoel. Sobre a saúde, ele diz que a expectativa da população era grande, até por se tratar da profissão do prefeito. No entanto, “o que vemos é que para ser mais ou menos, nossa saúde precisa melhorar demais”.

Ele que citou a questão da terceirização implantada na saúde e na educação. “Ele se dizia contra a terceirização e hoje vemos professores tendo que organizar as salas de aula porque faltam profissionais na área da limpeza”, salientou Manoel, ao justificar que não acredita na reeleição de Paulo Faria.