EXCLUSIVO Projeto de Caiado para adesão ao RRF tem medidas amargas para servidor: corte de aumento salarial, data-base, diárias ou ajuda de custo, licença-prêmio, quinquênio e demissões

O G24H teve acessos a algumas medidas que Caiado vai incluir no projeto que enviará à Assembleia em agosto para formalizar definitivamente a adesão ao draconiano Regime de Recuperação Fiscal. São extremamente amargas para o funcionalismo público. No projeto que está sendo elaborado nos porões do governo, debaixo do maior sigilo e em ritmo acelerado Caiado estabelece imposições para conter os gastos durante a vigência do acordo. A maior parte traz impactos devastadores para os servidores públicos impedindo-os de receber aumento salarial, data-base, diárias ou ajuda de custo, licença-prêmio, quinquênio, entre outros.

Além disso, o cumprimento dos planos de carreiras e a realização de concurso público serão gravemente comprometidos, estando previstas ainda, demissões.