Agosto vai confirmar a fama de mês agourento e será tenebroso e de muito sofrimento para servidor público

O próximo mês de agosto vai ficar na história de Goiás como o mais tenebroso e cruel para os servidores públicos estaduais. Caiado bateu o martelo e vai enviar à Assembleia o projeto para formalizar definitivamente a adesão ao draconiano e famigerado Regime de Recuperação Fiscal. No pacote de medidas, muitas maldades com o funcionalismo público, como cortes de aumento salarial, data-base, diárias ou ajuda de custo, licença-prêmio, quinquênio, entre outros.
Além disso, o cumprimento dos planos de carreiras e a realização de concurso público serão gravemente comprometidos, estando previstas ainda demissões.