EXCLUSIVO “Não tem perdão para o traidor e desagregador Paulo do Vale”, diz vice-presidente do MDB de Rio Verde

Vice-presidente do MDB de Rio Verde, Manoel Cearense assinala que o prefeito Paulo do Vale está provando que é um desagregador de mão cheia.

“Depois de sua expulsão, o MDB só vem crescendo no município”, afirma Cearense, garantindo que não tem carta de perdão capaz de apagar a traição e a infidelidade dele com a legenda.

Cearense anota que é humilhante para o prefeito ficar procurando partidos mendigando filiação e dar com as portas na cara porque nenhuma sigla quer tê-lo nos seus quadros.

“Aqui em Rio Verde, Paulo do Vale e Heuler Cruvinel são iguais e terão morte precoce na política”, sublinha.