Lêda Borges avalia que segundo semestre será repleto de desafios na Assembleia

Em pronunciamento no Pequeno Expediente, a deputada Lêda Borges (PSDB) disse que o segundo semestre será cheio de desafios para o Parlamento goiano. De acordo com ela, há matérias de interesse da população de Goiás de grande importância para a população que exigiram dos deputados sabedoria e serenidade.

“Gostaria de desejar muito sucesso aos trabalhos neste segundo semestre, pois esta Casa vai apreciar importantes projetos para a sociedade. Teremos um segundo semestre ainda mais grave. Encerramos o primeiro semestre com a aprovação da autorização para que o governo ingresse no Regime de Recuperação Fiscal. Muitas dificuldades serão enfrentadas, muitas leis terão de ser criadas e alteradas. Temos que atuar em prol dos goianos e não de um governo”, afirmou a deputada.

Lêda Borges argumentou que as aulas foram retomadas na rede pública estadual de Educação sem repasses de recursos para merenda escolar. O programa Renda Cidadã também não estaria sendo cumprido integralmente e, segundo ela, o Estado deveria cumprir com suas responsabilidades.

“Os recursos públicos estão sendo guardados, mas as aulas começaram e o semestre estudantil não tem merenda escolar. As escolas retomaram sem a merenda. O fundo Protege não retomou o programa Renda Cidadã. O estado tem que atuar dentro do que está sob sua égide e responsabilidade”, afirmou.