Lêda Borges usa tribuna para alertar sobre os altos índices de violência contra a mulher no Brasil

A deputada Lêda Borges (PSDB) subiu à tribuna, na tarde desta quarta-feira, 7, para manifestar sua indignação quanto aos índices de violência contra a mulher no Brasil.

“Hoje nós temos delegacias especializadas no atendimento à mulher que não funcionam 24 horas. Esses crimes ocorrem muito no período noturno, onde os homens costumam se embriagar e cometer esses crimes. Essas delegacias possuem uma especialização tão importante que não deveriam permanecer abertas apenas nos horários de expediente”, destacou.

Lêda disse que já foi solicitado ao governador que permita este avanço. “Precisamos levar às escolas o respeito, pois a violência está instalada no Brasil. Hoje se mata muito mais. O Brasil ocupa o quinto lugar no ranking de países mais violentos para as mulheres. Tivemos que implantar leis duras e ainda assim muito se mata. Isso é grave”, pontuou a deputada.