Daia 2: prefeito Roberto Naves avança na criação do polo industrial municipal

Na região norte de Anápolis, entre o Parque de Exposições Agropecuárias e a Ala 2 (antiga Base Aérea), será consolidado o polo industrial do município, que irá impactar positivamente todo o entorno. A área, de 19 alqueires, começará a ser preparada para receber as empresas assim que a Câmara de Anápolis aprovar o Projeto de Lei Complementar nº 21/2019, enviado nesta semana, que autoriza a aquisição do espaço por meio de permuta.

“A escolha da área levou em conta a viabilidade do fornecimento de energia, abastecimento de água e a proximidade de viaduto ou trincheira. Mas o fator principal é a localização, na região norte da cidade”, afirmou o prefeito Roberto Naves. Ele explica que esta é uma das áreas mais populosas do município,  chamada de grande Recanto do Sol, com mais de 50 mil moradores, que em sua maioria atravessam a cidade diariamente para trabalhar ou buscar oportunidades de emprego na porção sul, onde fica o Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) — que não comporta mais empresas e enfrenta gargalos de infraestrutura, desacelerando a chegada de novos negócios à região.