Greve de professores contra prefeita Sônia Chaves em Novo Gama já dura 3 meses

Já chega a quase três meses a greve de professores da rede municipal de Novo Gama, município do entorno do Distrito Federal. A categoria cruzou os braços porque a prefeita Sônia Chaves (PSDB) acabou com a jornada ampliada, um direito garantido pela lei de Diretrizes e Bases (LDB) da Educação. 

Nesta semana, Sônia atropelou os grevistas e fez um decreto para convocar professores substitutos. A paralisação começou no dia 20 de maio.