Com Goiás mergulhado na paralisia do governo, Caiado faz as malas e embarca para Resende (RJ) e Barretos (SP) como capacho de Bolsonaro

O governador Ronaldo Caiado (DEM) passou o comando do governo para a primeira-dama Gracinha, fez as malas e embarcou neste final de semana para Rezende (RJ) e Barretos (SP), onde servirá como capacho do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Com Goiás enfrentando severa crise financeira, estradas  esburacadas e problemas de toda a ordem, Caiado se dá ao luxo de virar estafeta de Bolsonaro, que, diga-se passagem, com oito meses de governo não mandou sequer um prego para o Estado.