CPI dos Incentivos Fiscais: presidente da Adial mostra arrogância e faz pouco caso de pedido de informações sobre contrapartida

O presidente da Adial, Otavinho Lage, reagiu com arrogância e ironia ao requerimento da CPI dos Incentivos Fiscais pedindo comprovação da prestação de contrapartidas pelas empresas beneficiadas com a isenção milionária de impostos. “O setor não tem a menor preocupação com o assunto”, disse ele ao jornal O Popular. Mas, “se a Assembleia faz questão de ver a prestação de contas, tenho certeza de que os empresários vão atender de bom grado para mostrar mais uma vez que não há nada de errado com os incentivos fiscais no estado”, completou.
As declarações de Otavinho com certeza vão servir para tensionar ainda mais o clima entre empresários e deputados, que já está azedo por causa de acusações de não republicanismo na Assembleia.