Exclusivo: por suspeita de irregularidades no processo, Justiça suspende decisão sobre OS para gerir Hutrin

O desembargador Olavo Junqueira de Andrade suspendeu o processo de chamamento público para escolha da organização social que vai gerir o Hutrin. Suspeita de irregularidades no processo.
O instituto Consolidar impetrou mandado e segurança, que foi acolhido liminarmente.
A OS questiona suposto ato ilegal praticado pelo Secretário da Saúde, Ismael Alexandrino, consistente em sua desclassificação no certame visando à celebração de contrato de gestão, com objetivo de gerenciamento, operacionalização e execução de ações e serviços de saúde, no Hospital Estadual de Urgências de Trindade, Walda Ferreira dos Santos – HUTRIN, localizado em Trindade, GO.

decisao chamamento