Em debate da Folha de S. Paulo, Baldy defende menos burocracia no poder Judiciário

Convidado a participar de um seminário sobre combate à corrupção promovido pelo jornal Folha de S. Paulo na última quarta-feira, o ex-ministro das Cidades e ex-deputado federal Alexandre Baldy, hoje secretário de transportes do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), defendeu medidas que diminuam a burocracia no poder Judiciário e facilitem a investigação de casos em que há suspeita de corrupção.

O ex-ministro também lamentou a criminalização da classe política. “É preciso saber diferenciar o corrupto, do administrador público bem intencionado que trabalha em prol de avanços rápidos”, disse. O goiano lembrou que, quando foi deputado, foi relator da lei que aumenta poder do Banco Central e da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) em investigações de bancos e empresas por infrações administrativas ou irregularidades em operações no mercado financeiro.