A conta não fecha: Caiado incha o governo com carrapatos, nomeia parentes como marajás e briga para reduzir o salários dos servidores. Pode isso, Arnaldo?

O governador Ronaldo Caiado adotou a máxima “faça o que eu digo e não o que faço” como lema da gestão estadual.

Caiado incha o governo com apaniguados políticos, nomeia à mancheia parentes como marajás e briga com unhas e dentes para reduzir o salário dos servidores.

Ou seja, ele arrocha o funcionalismo para garantir o privilégio a apadrinhados e familiares como se dissesse que o estado é para o usufruto família e dos chegados.

Este é governo de carrapatos de Caiado.

Arrocha, Goiás!