(Exclusivo) Caso João de Deus: família vai requerer que MP apresente as mais de 600 supostas vítimas

A família de João de Deus vai pedir que o Ministério Público apresente as quase 600 supostas vítimas do médium. Até o momento, oito meses depois da prisão de João de Deus, apenas 42 vítimas apareceram. Uma das líderes da ONG Vítimas Unidades, Maria do Carmo Santos, foi considerada culpada em processo movido por parentes do Chico Lobo, que administrava a Casa Dom Inácio de Loyola.

Maria do Carmo, assim como a ativista Sabrina Bittencourt, que também foi considerada culpada no processo, espalharam vídeo nas redes sociais que mostrava um fazenda que traficava bebês e era gerida por João de Deus. As duas não apresentaram provas da existência da referida fazenda.
Foram condenadas, liminarmente, a retirar as acusações das redes sociais.