Amauri pede a deputados que votem a favor de projeto que STF já julgou ilegal: “lá na frente resolve”

O deputado estadual Amauri Ribeiro (Patriota) acaba de dar um chilique por causa de colegas que anunciaram voto contra o projeto de lei do poder Executivo Estadual que dá ao governador Ronaldo Caiado (DEM) o direito de botar a mão em dinheiro da Justiça (R$ 1,8 bilhão) usado para pagamento de custas judiciais. Alertado por Henrique Arantes (PTB) de que o Supremo Tribunal Federal (STF) já julgou a manobra ilegal, Amauri defende o projeto aprovado mesmo assim: “lá na frente a gente resolve isso”.