Capitão preterido por Caiado na lista de promoções foi quem capturou assassino do professor de Águas Lindas

O oficial que comandou a captura do assassino do professor em Águas Lindas foi o capitão Borba.

Borba foi preterido na lista de promoções da PM no governo Caiado.

Consta que ele teve o veto do comandante geral, coronel Renato Brum, e do corregedor da PM, coronel Castilho.

Agora, por ironia do destino, o governo que o persegue e impediu sua promoção precisou dele para a prisão do assassino.

O capitão tem fama de oficial aplicado, militar diligente e goza de muito respeito na tropa.