Secretário de Cultura de Caiado vivia bajulando Marconi Perillo

O escritor e atual secretário da Cultura do governo Caiado, Edival Lourenço, não brinca em serviço quando tem oportunidade de bajular os poderosos de plantão.

No governo passado, Lourenço não perdeu a oportunidade de cortejar o ex-governador Marconi Perillo, a quem tecia loas por apoiar a cultura e ser o primeiro governante a valorizar o escritor goiano.

Mudou o governo, mas Lourenço continuou o mesmo e virou puxa-saco do governador Caiado, a quem serve com fervor como o pior e mais esvaziado secretário de Cultura da história de Goiás.